O seu navegador está desatualizado.

O Internet Explorer deixou de ser suportado. Por favor, utilize outro navegador, para uma melhor qualidade do website.

Automóvel colhe motociclo

nov 2020

Exemplos de acidentes

Veículo a virar à esquerda no tráfego em sentido contrário

Circunstâncias do acidente:
Numa circunvalação, o condutor alcoolizado de um veículo ligeiro de passageiros virou para a esquerda num cruzamento. Na via de trânsito em sentido contrário, circulava um motociclista com um passageiro. À frente do motociclista, na circunvalação, circulava ainda uma carrinha. No cruzamento, a carrinha virou à direita, enquanto o motociclo que seguia atrás continuou em frente. Na área do cruzamento, ocorreu a colisão entre o motociclo e o veículo ligeiro de passageiros que virava à esquerda. O motociclo embateu com a parte dianteira no lado direito do veículo ligeiro de passageiros. Neste impacto, o motociclista foi projetado contra o veículo ligeiro de passageiros e bateu com a sua cabeça na borda do tejadilho do mesmo.

Pessoas envolvidas no acidente:
Um motociclista com um passageiro, bem como o condutor de um veículo ligeiro de passageiros

Consequências do acidente/ferimentos:
O motociclista morreu no impacto e o passageiro sofreu ferimentos graves.

Causa/problema:
Vários fatores estiveram na origem do acidente. Por um lado, o motociclo aproximava-se a uma velocidade excessiva (pelo menos, 90 km/h em vez dos 70 km/h permitidos) do cruzamento e da carrinha que seguia à frente, pela qual ficou temporariamente escondido. Por outro lado, devido à combinação da curva e do declive, o motociclista apenas ficou brevemente visível para o condutor do veículo ligeiro de passageiros. Contudo, uma outra causa do acidente poderia ter sido a alcoolemia do condutor do veículo ligeiro de passageiros, com cerca de 0,9 mg/ml.

Possibilidades de prevenção, redução das consequências do acidente/abordagem às medidas de segurança rodoviária:
O acidente poderia ter sido evitado pelo motociclista, se este tivesse respeitado a velocidade permitida de 70 km/h e reagido com uma travagem de emergência e uma manobra evasiva perante o veículo ligeiro de passageiros que mudava de direção. Sem um parecer médico, não é possível tirar conclusões exatas sobre a influência da alcoolemia do condutor do veículo ligeiro de passageiros. No entanto, se todos os envolvidos no acidente tivessem circulado na estrada com a atenção necessária e consideração mútua, o acidente seria evitável.

Esquema do local da colisão
Esquema do local da colisão
Partilhar página