Ocorrência de acidentes

É horrível para todos os envolvidos: infelizmente, os acidentes com crianças ainda fazem parte do quotidiano rodoviário – e isso em todo o mundo. Nos últimos anos, foram efetivamente envidados esforços notáveis para melhorar os balanços de acidentes de forma substancial e sustentável. Estes esforços refletem-se nos números continuamente decrescentes de vítimas. No entanto, apesar da evolução positiva a longo prazo, não podemos, de forma alguma, satisfazermo-nos com a situação presente, pois o objetivo dos esforços em matéria de políticas rodoviárias no que respeita a acidentes rodoviários fatais é a “Visão Zero”. Para lá chegar, ainda há, portanto, muito a fazer. O importante é, sobretudo, adaptar da forma mais precisa possível as medidas relevantes à ocorrência de acidentes no local. Isto porque, enquanto, por exemplo, em países com um nível de rendimentos elevado, a maioria das crianças perde a vida enquanto passageira de um automóvel, nos países com um nível de rendimentos baixo a médio, morrem sobretudo como peões e ciclistas.

Selecionar o ano:
Repor filtro
Carregar mais

Nenhum resultado encontrado.

Partilhar página