O seu navegador está desatualizado.

O Internet Explorer deixou de ser suportado. Por favor, utilize outro navegador, para uma melhor qualidade do website.

Carrinha saída da faixa de rodagem

jun 2018

Exemplos de acidentes

Circunstâncias do acidente:
O condutor de uma carrinha saiu da faixa de rodagem de uma estrada nacional, no final de uma longa curva à esquerda. Então, passou pela faixa verde num troço de cerca de 120 metros. De acordo com os indícios, o condutor aplicou então apenas uma travagem parcial e nenhuma travagem completa. As manobras de inversão de marcha também não foram iniciadas. O veículo seguiu o curso da faixa verde até um aterro, desceu por esse aterro e roçou uma árvore, antes de embater de frente contra outra árvore. A faixa de rodagem estava seca no momento do acidente.

Veículos:
Carrinha

Consequências do acidente/Ferimentos:
Os dois ocupantes ficaram gravemente feridos.

Causa/Problema:
O veículo encontrava-se em boas condições técnicas. A direção e o sistema de travões encontravamse funcionais. A velocidade máxima permitida no local do acidente era de 100 km/h. Com a velocidade de condução comprovada a um máximo de 86 km/h, a condução neste ponto da faixa de rodagem deveria ter sido fácil. O acidente, portanto, não teve causa técnica, devendo-se contudo à falha de condução em linha reta, no final da curva.

Possibilidades de prevenção, redução das consequências do acidente/abordagem às medidas de segurança rodoviária:
Um estilo de condução atento e concentrado do condutor da carrinha teria impedido o desvio da faixa de rodagem. Em alternativa a realizar apenas uma travagem parcial, teria feito sentido uma travagem completa, depois de sair da faixa de rodagem. Um sistema de aviso de afastamento da faixa de rodagem ou um sistema de aviso de saída de faixa de rodagem já teria evitado o desvio da própria faixa.

Partilhar página