O seu navegador está desatualizado.

O Internet Explorer deixou de ser suportado. Por favor, utilize outro navegador, para uma melhor qualidade do website.

Manter uma distância de segurança

set 2021

notícias e ações

Colheitadeira de colhedores

“Veículos agrícolas lentos e automóveis ou motociclos a velocidades mais elevadas são uma mistura explosiva para o aumento do risco de acidentes nas estradas nacionais, que por si só já são altamente propensas a acidentes”, diz Andreas Schäuble, investigador de acidentes na DEKRA. É necessário um estilo de condução cuidadoso e preventivo, especialmente em troços de estradas com pouca visibilidade. A próxima curva ou lomba pode esconder um trator com reboque totalmente carregado ou uma ceifeira-debulhadora com largura excessiva. Os pontos de perigo típicos incluem também cruzamentos e entroncamentos. “Nos pontos de interseção com má visibilidade deve-se estar preparado para ser surpreendido por um veículo agrícola em manobra de mudança de direção”.

“Mantenha uma maior distância de segurança e esteja sempre pronto a travar”, diz o perito Schäuble. “Uma colisão com um veículo agrícola tem, por vezes, consequências mais graves devido à falta de zonas de absorção de impactos e a alfaias salientes”. Na época das colheitas, é também de contar com estradas mais sujas. Isto aumenta as distâncias de travagem e o risco de derrapagem. Se, entretanto, chover esses troços da via pública transformam-se rapidamente em estradas escorregadias perigosas.

Também é necessário especial cuidado ao ultrapassar, mesmo que o trator ou atrelado circule em marcha lenta. Para evitar colocar em perigo e obstruir o tráfego em sentido contrário, os veículos agrícolas só devem ser ultrapassados se todo o percurso necessário para a manobra for bem visível e se for possível manter uma distância de segurança suficiente do veículo a ultrapassar, caso contrário, deve-se esperar. Isto também se aplica se as luzes indicadoras de mudança de direção do veículo agrícola estiverem cobertas e não for claro que está iminente uma mudança de direção.

Árvores adjacentes, curvas e lombas fazem muitas vezes com que as estradas nacionais tenham má visibilidade, e também é fácil avaliar erradamente a velocidade do tráfego que circula em sentido contrário. Além disso, deve sempre esperar encontrar tráfego em sentido contrário a seguir a curvas e lombas. “Por isso o meu conselho: Não corra riscos e não ultrapasse se tiver a mínima dúvida de que a segurança está garantida ao longo de toda a manobra de ultrapassagem. Na maioria das vezes vale a pena esperar um pouco atrás de um trator, pois os agricultores por norma só percorrem curtas distâncias entre os seus campos e as quintas", diz o perito. Para evitar mal-entendidos, é aconselhável anunciar a intenção de ultrapassar com um curto sinal de buzina.

Os agricultores, por outro lado, devem certificar-se de que o equipamento de iluminação dos seus tratores e reboques está em perfeitas condições, limpo e visível, antes de iniciar qualquer viagem. É também necessária uma fixação correta da carga e deve ser respeitado o peso total permitido do veículo agrícola. Se não for possível evitar detritos na estrada, estes devem ser removidos o mais rapidamente possível, especialmente em tempo de chuva, fazendo a marcação com um triângulo de sinalização.

Partilhar página