Padrão para a condução automatizada

ago 2019

notícias e ações

Automatisiertes Fahren
Fotografia: Daimler AG

No Livro Branco recentemente publicado "Safety First for Automated Driving" (SaFAD), onze empresas da indústria automóvel e do setor da condução automatizada apresentam o enquadramento para o desenvolvimento, teste e homologação de automóveis de passageiros automatizados seguros. Estas empresas são a Aptiv, a Audi, a Baidu, a BMW, a Continental, a Daimler, a Fiat Chrysler Automobiles, a HERE, a Infineon, a Intel e a Volkswagen.

O SaFAD pretende, entre outras coisas, enfatizar a importância da "safety by design" juntamente com a verificação e validação, no que diz respeito à criação de um padrão para a condução automatizada como indústria. O SaFAD oferece aos criadores e aos operadores de veículos automatizados um sistema de rastreabilidade clara, desde o requisito essencial "mais seguro do que o condutor médio" até aos componentes utilizados no veículo e no sistema de back-end, tais como câmaras ou sistemas de direção. A publicação também resume todos os métodos de segurança relevantes para a condução automatizada, de acordo com os níveis 3 e 4 da SAE.

O SaFAD baseia-se em doze princípios orientadores que definem as características dos veículos autónomos. Os componentes do veículo e do sistema de back-end devem permitir a sua aplicação e estão ligados em rede por uma arquitetura genérica. Contexto do SaFAD: o interesse e o desenvolvimento de tecnologias para a condução automatizada aumentaram consideravelmente nos últimos anos, impulsionados pelo objetivo de reduzir o número de acidentes graves no tráfego rodoviário, otimizar o fluxo de tráfego e introduzir novos conceitos de mobilidade. Este rápido crescimento traz consigo uma ampla gama de métodos de desenvolvimento de empresas novas e consagradas.

Nos próximos meses, autores e especialistas dos participantes apresentarão os resultados do seu trabalho conjunto em conferências da indústria e de tecnologia em todo o mundo.

Partilhar página