Um em cada quatro acidentes com peões ocorre nas passadeiras

jul 2018

notícias e ações

faixa de pedestres

Apesar de os sinais de trânsito nas passadeiras serem semelhantes em quase toda a Europa, os peões em países estrangeiros não podem assumir sempre que os condutores são obrigados a dar-lhes prioridade, como é o caso na Alemanha. Quem pretender atravessar na passadeira em Abbey Road, Londres, como os lendários Beatles em 1969, pode contar que os condutores parem e deixem passar, como é o caso em toda a Grã-Bretanha. No entanto, quem pisar uma passadeira em Itália corre o risco de se colocar em perigo ou de criar colisões traseiras a condutores surpreendidos. "Informe-se sobre os hábitos de cada país relativamente às passadeiras e, em caso de dúvida, aja com o devido cuidado", aconselha Stefanie Ritter, investigadora de acidentes da DEKRA.

Em todo o caso, os peões são os utentes da estrada que mais perigo correm. Todos os dias morrem cerca de 20 peões na estrada na UE, perfazendo um total de 7000 por ano. Um em cada quatro destes acidentes acontece nas passadeiras. Stefanie Ritter apela aos condutores para terem ainda mais atenção aos peões. A especialista avisa ainda para se ter cuidado ao estacionar demasiado perto de passadeiras. Isto pode prejudicar a visibilidade dos peões e dos condutores. Na Alemanha, por exemplo, deve obrigatoriamente haver uma distância mínima de cinco metros. É também necessário um cuidado especial ao mudar de direção. Nesta situação, é mais difícil detetar os peões se vierem simultaneamente dos dois lados. E mais uma dica: "não ultrapasse em situações pouco claras, como quando um veículo de grandes dimensões anda devagar e para à sua frente. É possível que esteja um peão a atravessar a estrada", diz Stefanie Ritter.

Os peões também podem contribuir para a sua própria segurança. "Nunca se distraia com o smartphone ou outras coisas ao atravessar a estrada", aconselha a investigadora de acidentes. "Se possível, atravesse a estrada apenas em passadeiras explicitamente identificadas e olhe previamente para a esquerda e para a direita para se certificar de que pode atravessar". Se um veículo parar numa passadeira, verifique se há um outro veículo a ultrapassar. É necessário um cuidado especial em cruzamentos pois é difícil detetar peões a partir de veículos a mudar de direção.

Partilhar página