Maior perigo de acidentes em tempo chuvoso

dez 2019

notícias e ações

Winter Schnee

Em tempo chuvoso e com pouca visibilidade, existem inúmeros riscos para um maior perigo de acidente. Por exemplo, a redução drástica das faixas de visibilidade e as nuvens de pulverização de outros veículos podem provocar condições de visibilidade desfavoráveis. Por isso, os especialistas da DEKRA recomendam ajustar a velocidade de condução e a distância em relação aos outros veículos, bem como ligar as luze de cruzamento e, claro, os limpa-para-brisas. Além disso há que ter em atenção: no escuro, os reflexos de luz na superfície da estrada podem levar a situações confusas, especialmente na retroiluminação. Aqui é importante conduzir de forma controlada e com segurança suficiente. Se estiver a chover a potes e a visibilidade diminuir drasticamente, pode mesmo ser melhor parar e esperar até que a chuva forte abrande.

Não devemos subestimar as maiores distâncias de travagem em tempo chuvoso. Ao travar em faixas de rodagem secas, um veículo ligeiro precisa de cerca de 31 metros para parar a uma velocidade de 80. Em faixas de rodagem molhadas, dependendo da profundidade do piso dos pneus, o veículo pode parar depois de 50 metros ou mesmo a uma maior distância, devido ao atrito mais baixo. Este é outro motivo pelo qual é importante adaptar a velocidade. Isto é particularmente importante em caso de visibilidade limitada.

Se a água na faixa de rodagem tiver alguns milímetros de altura, por exemplo, em sulcos, os condutores também devem contar com aquaplanagem a velocidades mais altas. Este fenómeno provoca a formação de uma cunha de água sob as rodas dianteiras, impossibilitando a condução do veículo. Este efeito pode ocorrer a cerca de 80 km/h para pneus com um piso superior a três milímetros. Se isto acontecer: liberte imediatamente o acelerador, pressione o pedal da embraiagem e conduza em linha reta até os pneus voltarem a aderir.

Partilhar página